top of page

ESPIRITUALIDE



Luz que abriga o peito oprimido e que não consegue se destacar, diante de tanta pressão que sofre dos ataques feitos pelo fato gerador, a onda vibratória que o pensamento emite, criando angustia que sufoca e faz o ser a ela se ligar, perdendo o teor essencial da vida, que é marcado pelos degraus que necessita escalar.

Fácil levantar peso com as mãos e alimentar os músculos dos braços.

Porque não é fácil reverter a angustia vivida pela ação benevolente que faz o irmão seguir à frente, enfrentar os tropeços, olhar para o céu e sentir todo amor que o Pai emana como verdadeiro alimento para todos os seus filhos?

Tormentos vividos e sentidos que são espalhados pelo vento, pois ele tem a função de levar toda energia criada pelo principal elemento que o gera, o próprio homem, que desconhece tal função, isentando-se de toda problemática como se fosse a vítima, sem enxergar que ele é a própria causa da sua angustia.

Visão nublada que impede de enxergar milímetros a frente, de entender que somos pura energia que emite e absorve, pois tudo no universo é feito de energia, conforme a própria ciência ensina.

O que fazer se o irmão não quer criar essa responsabilidade, preferindo ficar atrás da sua própria visão, limitando-se a viver em um espaço pequeno diante da eternidade?

Apenas aguardar as lições que o tempo se encarregará de trazer, para assim tudo mudar e de volta ao fluxo da vida adentrar.

46 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

ALQUIMISTA

Comments


bottom of page