top of page

O ALQUIMISTA


Pequenos grãos de areias, marcam a tradução do tempo.

Quantos pés ali deixaram a sua marca em condições diferentes.

Às vezes, carregavam as marcas da guerra, derramando sangue, manchando seu tom, desperdiçando vidas sem nenhum critério, noutras deixavam as marcas da tristeza de ter perdido um alguém, derramando lágrimas e se misturando com as águas mansas do mar, que guarda infinitos segredos dentro dele.

As pisadas dos cavalos, a doce moça que carregava em seu coração o mais puro amor, aguardando seu parceiro que prometera voltar, mas que muito demorava, deixando a saudade misturada nos seus grãos, sem muito se expressar.

Outras vezes, crianças ali estiveram, correndo, brincando, soltando a pipa pelo ar, chorando de tanto gargalhar, alterando a coloração desses grãos, depositando a alegria que contagia para que as ondas ali se deparam-se com o lado belo da vida.

Corações esperançosos se entrelaçaram em promessas de amor eterno, sem se preocuparem com o que enfrentariam pela frente, mas apenas viver aquele momento de intensidade de união verdadeira de duas almas que se cruzam em um reencontro, para nunca mais se separarem.

Cada grão em seu mais íntimo mundo, aprendeu lições com cada expressão ali depositada, sentindo saudade, tristeza, ira, alegria, amor, intensidade e muitos outros segredos que somente um coração humano pode carregar, contribuindo para que o silêncio que naquela praia expressa, divague pelo ar a sensação de uma atmosfera de paz que compactua com várias emoções confusas, mas que consegue transmutá-las em correntes do amor misterioso que vibra nos braços do Criador.

Que os pés que caminhem pelas areias de uma praia consigam captar tal sensação, trazendo o silêncio do ar que ali se expressa para dentro do coração, alterando a emoção, seja ela oriunda de um passado tenebroso ou um presente conturbado, despertando o ser para a tradução correta de cada grão, dizendo que tudo faz parte do Criador e que as marcas depositadas na areia falam diretamente ao Seu Coração.

Tradução de cada grão na forma do perdão, da compaixão, da esperança, da fé, da alegria que contagia, do sinônimo do amor que deve ser implantando em todo coração amargo, pois é esse o caminho da misericórdia para o Senhor Criador.

20 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

ALQUIMISTA

bottom of page