top of page

Parte I


Seres alados, compactuando de misturas energéticas diversificadas, chegam à conclusão da grandeza do Universo pelo simples fato da união da sua mente com a mente universal. Para atingir tal estado de elevação, deve-se atingir uma expansão do nível da consciência, pois dessa forma o campo energético que está na latência em cada mente, passa ser dinâmico, ou seja, utilizável, conquistando assim maiores verdades que existem no Universo. Um raio de energia é capaz de queimar o local de sua queda, pois ele vem em uma potência elevada, adentra o espaço de menor nível, explodindo no encontro com a energia contraria a ele. Se o mesmo fosse ao encontro de uma energia de mesmo nível, não ocorreria uma explosão, mas uma expansão da sua capacidade, tornando-o com potência dobrada, devido ao grau dos espectros magnéticos encontrados. Da mesma forma ocorre com a energia que circunda o campo mental. Ele tem uma potência de energia equivalente com o seu nível de evolução. Se ele entrasse em contato com níveis de energias superiores, acabaria sofrendo um colapso energético, por não suportar a grandeza dos espectros magnéticos expandidos. Podemos ter como exemplo a maior estrela de nosso sistema solar, o Sol. Nenhuma mente de terceira dimensão consegue chegar perto dos espectros magnéticos que ele emite, pois desintegraria esse campo mental, sofrendo um caos dos corpos em ação. Os níveis de consciências é de extrema valia na questão de evolução, pois é ele que vincula a criatura a determinada faixa vibratória. Em cada uma dessas faixas, existem uma quantidade gigantescas de seres que se comunicam entre si, participando de um pedaço da evolução. Vivem tarefas condizentes com o nível de consciência que estão vinculados, fazendo parte da grande mente presente e ativa desde local. Em um Universo, podemos dizer que existem milhares de frações de faixas vibratórias, contendo nele tudo o que é necessário para a sua expansão. Cada mente individual, que faz parte de cada irmão, está vinculada a mente coordenadora da fração do Universo que faz parte. A soma de todas as mentes de um Universo está ligada a uma mente maioral que gira em torno deste Universo. É ela quem comanda todas as suas outras mentes que fazem parte das frações deste Universo. Podemos dizer que esta mente coordenadora se subdivide-se em quantas partes forem necessárias, dependendo das frações que se formam neste Universo, emitindo ondas de puro amor em direção a todas as outras, para assim purificar todos os seres que estão vinculados a cada uma delas. Cada mente responsável por uma fração vibratória do Universo, jamais deixa-se manipular por mentes em processo de evolução, que fazem parte de cada irmão ali vinculado, no caso, em lugares que ainda existem seres descaracterizados das normas corretivas ou aqueles que ainda não entenderam as Leis Universais. O processo de expansão é singular para cada fração vibratória, pois depende da junção dos conjuntos das mentes neles inseridos. Quando a grande maioria atinge um grau superior da energia cósmica que habita dentro de cada ser, essa mente, responsável por essa fração, expande-se, começando a emitir um nível de energia mais elevado, proporcionando condições mais avançadas de evolução para todos integrantes desta fração do Universo. 16 Ocorre que alguns não conseguem acompanhar o aumento da energia que passa a percorrer no interior de tal fração, necessitando ainda de mais tempo no campo da energia antiga, tempo que migrar para outra fração deste Universo. As coordenadas Universais estão ativas para determinar o local onde cada ser irá permanecer, vinculando-o ao espaço e tempo condizente com cada fração. Cada fração vibratória é criada a partir de um desenho geométrico, iniciando com uma quantidade de círculos específicos, dentro de um quadro, ou seja, limitando a energia galáctica dentro de cada círculo, sustentado pelo quadrado. Quando todos os círculos carregam ao máximo a energia suportada, ocorre a expansão de nível energético, ou seja, altera-se as formas geométricas, pois a mente coordenadora deste local aderiu uma quantidade de energia maior, vinda da junção dos irmãos que a habitam. Consequentemente, aquele quadrante passa a vibrar em uma frequência maior, com maior capacidade de energia, onde todos os seres ali vinculados sobem de nível, aderindo maiores informações que contribuem para a evolução individual. Por se tratar de assuntos complexos para a visão humana, é um tanto complicado traduzir em palavras do vocabulário terráqueo, o mecanismo da evolução. Cheio de mistérios, em cada ponto do Universo se rompe algo para que determinadas mentes possam captar e traduzir na linguagem Universal, traduzindo assim para civilizações em degraus inferiores, como novas informações que chegam para contribuírem na escalada de todos. Jamais esse mecanismo fica inativo, pois é uma forma de intercambiar entre várias frequências energéticas, considerando sempre aquelas que ainda se encontram em estágios menores no processo evolucional, pois o Criador jamais deixa sem orientação, qualquer um de Seus filhos.

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

ALQUIMISTA

コメント


bottom of page